Naruto, vale a pena?


naruto

19 de janeiro, 2016
Naruto é um fenômeno capaz de nos levar até a discussão de 'maior' e 'melhor' anime já produzido, lógico dando as devidas proporções, superando sua referência direta e igualmente fenomenal, o sempre clássico e cult Dragon Ball.


Maior por conta da suas centenas de episódio que superam a marca de 450, melhor por ter uma das tramas mais bem construídas, definitivamente não ficam pontas soltas nas dezenas de situações que ocorrem na série [algumas vai]. Assisti-la no entanto, requer paciência, se vale a pena ou não, só conferindo, claro. Aqui, só umas questões pontuais pra ajudar na análise.


Apontar uma perspectiva pessoal sobre o anime, se vale a pena ou não vê-lo, pode parecer um tanto pretensioso, nem sou um expert em Naruto, cada qual que tire suas conclusões, mas o intento aqui é mais de traçar um perfil para curiosos, já que no meu caso a principio a série nem era das mais atrativas mas com o tempo acabei me rendendo. A premissa da história é simples: um mundo ninja, aldeias e afins subdivididos por simbologias, cada qual com seus costumes, o ápice são as evoluções dos personagens tanto em sua personalidade quanto em suas habilidades e as tretas entre as facções.


Naruto nada, sou mais YuYu Hakusho!



Relações

Como todo anime as histórias se apegam nas relações entre as personagens e são definitivamente muitas, logicamente tudo em torno do protagonista Naruto, seu sensei e talvez um dos mais simpáticos Kakashi, seus amigos Sakura e principalmente no afeto, muitas vezes exacerbado de Naruto com Sasuke que dita praticamente o fio condutor de toda a história. Uma das maiores dificuldades de acompanhar Naruto é justamente por se tratar praticamente de uma pequena biografia que nos apresenta toda a trajetória do ninja desde a sua infância até a fase adolescente. A primeira fase de Naruto é praticamente sobre seu treinamento para se tornar um chounin e ali já é exigido muito da paciência do espectador.

É na fase Shippuden que as coisas realmente começam a ficar interessantes, Naruto amadurece e a história fica mais densa, com conflitos politizados, as lutas ficam mais árduas e também se estabelecem relações mais estreitas de Naruto com seu outro sensei, Jiraya, Tsunade e todos da aldeia de Konoha, custa, mas com o tempo acabamos simpatizando com a história de vida do jovem que até então era sempre insolente e irritante, talvez seja uma das abordagens mais bacanas da série, a humanização e desenvolvimento de Naruto.



kisame
Kisame lindeza feito por Dream Studios - instagram





Estilização
Marca notável de Naruto com certeza é a estilização dos costumes e personagens, ainda que minimalista e alguns momentos com pouquíssima saturação de cor, cada individuo tem feição, logos e trajes marcantes, distintos dos demais, diante de tantas personagens facilita bastante na identificação. Esse design logicamente contribui para uma franquia enorme de produtos licenciados [ou não] tem muita coisa pra encher a prateleira de otakus de supérfluos.






Fillers
O grande problema da série são as suas 'encheções', os chamados fillers, se pudéssemos supor uma equação para Naruto, seria algo em torno de 4 por 1, sendo 1 episódio que dá continuidade e importância a história pra cada 4 de situações sem qualquer relação, quando não com contexto totalmente abobado, fáceis de serem pulados, impossível não associar isso com Dragon Ball também.

A justificativa é que o anime acompanha as produções do mangá original, as publicações naturalmente não acompanham a produção para a Tv, logo toda essa linguiçada para manter os fãs atentos enquanto os criadores correm nos impressos, digamos que é uma prática comum nos desenhos japoneses. Recomendo um guia de episódios para agilizar o seu tempo e pular os inúmeros episódios irrelevantes [AQUI]. Quem tiver saco, boa sorte.



via deviantart





Inimigos
Outro ponto alto de Naruto é mais uma das grandes características que nos fascinam em animes: é preciso ter inimigos convincentes, como quando criamos expectativas com Freeza, CellToguro, Sensui e tantos outros. Na fase Shippuden temos uma das melhores sacadas quanto ao assunto, a organização Akatsuki, praticamente uma seita gangster que parte da premissa clichê de conquistar o mundo mas tudo com muita originalidade e estilo, dentre os visuais irreverentes de KisameHidan, também temos os sombrios KakusoItachi e os ocultos Orochimaru e Madara dos antagonistas mais criativos e astutos que já vi, garantem os momentos mais apreensivos.


Trilha Sonora

Outra grande sacada de Naruto é sua trilha sonora, o anime foge a vertente de ter uma composição própria para a série, para cada leva de episódios somos agraciados com um novo som para as aberturas e encerramentos com músicas de artistas do Japão dos variados estilos do pop ao rock, hip hop e até do punk, algumas são bem sofríveis, mas na maioria dão pontos a mais para o anime. Abaixo uma seleção pessoal.






Inusitado
Naruto também é recheado de palhaçadas, aquelas clássicas exacerbações de animes, JirayaKiller Bee e o gorducho Chouji, além do próprio ingenuo Naruto garantem alguns bons momentos de risadas e com certo erotismo em algumas situações [Dragon Ball again?!].

Melhores Tretas

O que esperar de um anime que trata de um mundo ninja? Tretas de alto nível. Elas tardam em acontecer e quando ocorrem muitas vezes são marcadas por alguns diálogos e flashbacks que irritam, tomam algumas dezenas de episódios ao melhor estilo Dragon Ball mais uma vez. Mas algumas são muito bem conduzidas e coreografadas e o que no geral são o mais relevante em toda a trama. Eis as que eu destacaria:


Kakashi [Time7] x Zabuza / Hokage [Sarutobi] x Orochimaru / Kakuso x  Asuma /
Hidan x Shikamaru / Naruto x Pain / Sasuke x Danzou / Kakashi x Obito



ko



Fim?
A proporção que Naruto tomou talvez o torne um ícone que o coloque no hall de Star Wars por exemplo, atemporal. A saga deve terminar como o previsto, Naruto Hokage, mas seus criadores certos do vácuo que a série deixaria já conduzem a figura para a próxima geração, Boruto. Com entusiasmo deve trazer o interesse dos fãs, mas se eu vou ter paciência pra seguir a saga, já não sei dizer, tá bom assim, Naruto 'velha guarda' e convenhamos, paciência tem limite.

Mas então, vale a pena? Vale sim, feitas as ressalvas não tem como negar que Naruto é um fenômeno e só o é porque criou todo um universo paralelo, digno da primazia que envolve o que já foi feito grandiosamente em cultura nerd e animes que todos nós já conhecemos.